jusbrasil.com.br
17 de Outubro de 2018

(o_o) Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Venha saber um pouco mais sobre o Jus, conhecer o nosso workspace e nossa cultura de trabalho.

Daniel Murta, Advogado
Publicado por Daniel Murta
há 2 anos

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Com certa frequência ouvimos perguntas do tipo: “como vocês fazem esse trabalho?”, “quantos vocês são?”, ou “vocês devem ter um montão de advogados trabalhando aí, não é mesmo?”…

Bom, convidamos você, que tem essa curiosidade, a caminhar conosco e conhecer o Jus por dentro.

Bem-vindo à Cultura Jusbrasil

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Antes de abrirmos as portas para recebê-lo, algo chamará sua atenção: "main () {" significa, em linguagem de programação, que o trecho principal do código, aquilo que faz o programa rodar, está por vir. O Jus é uma empresa de tecnologia — tentamos resolver velhos problemas com novas abordagens. Então, respondendo a uma das perguntas, sim, temos bacharéis da nobre área aqui, mas dos cerca de 65 que compõem o time, a maioria é composta por desenvolvedores de software;-)

Não há salas privadas, nem portas fechadas

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Onde fica a sala do diretor? Não existem salas individuais ou privadas e a nossa versão de diretor é bem diferente da convencional. A liderança é servidora — o líder trabalha para o seu time, e não o contrário. A estrutura é horizontal - todos respondem a todos. Não há necessidade de bater em portas e todas as divisórias são de vidro.

Trabalhamos focados

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Todos sentam-se juntos nos salões — lugar de silêncio e concentração

Para onde você vai quando precisa se concentrar e não quer ser interrompido? Poucos respondem trabalho, exceto nesse contexto: “no trabalho, depois do horário de expediente, quando não há mais ninguém lá”.

Desde que a 37Signals (agora Basecamp), uma empresa de tecnologia muito conhecida no mundo tech, e que tem alto impacto trabalhando 6 horas por dia e, em algumas épocas do ano, 4 dias por semanas apenas, publicou sua política de concentração (o “Alone Time”), muita gente passou a repensar o ambiente de trabalho. O princípio é básico: as pessoas precisam de tempo sem interrupções para terem as coisas concluídas.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Sabe aquele estágio de concentração em que você está tão focado que sequer vê a hora passar? É ali que a magia acontece. É quando temos a melhor produção e as melhores ideias. É uma sacan@$# quando temos que quebrar esse momento para responder uma pergunta do tipo “Fulano, onde você salvou aquele arquivo?”. Às vezes, nem conseguimos retomar o raciocínio. Nós acreditamos que a empresa deva ser responsável por incentivar uma cultura que defenda isso - o direito das pessoas se concentrarem em suas atividades.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Então, voltando ao Jus: todos sentam-se juntos em salões — espaços amplos com uma densidade baixa de estações de trabalho. No mundo corporativo tradicional os salões são locais apertados, tomados por barulho, e costuma-se ter salas menores para trabalhos que exijam concentração.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Nos salões, conversa apenas em tom moderado

Aqui invertemos essa lógica: Salão, onde passamos a maior parte do nosso tempo, é local de silêncio e concentração. As ilhas têm no máximo 4 estações de trabalho e pessoas que trabalham em um mesmo squad não sentam numa mesma ilha. Conversa só se for algo rápido, em tom moderado, e quem sente-se incomodado pode até mandar-lhe uma multa anônima:-) Respeitar a concentração de quem está ao seu lado é o lema! Para atendermos o telefone, para trabalhos onde discussão é importante, ou para bater um papo sobre a vida, existem os aquários — salas de variados tamanhos e temas — espalhadas pelo escritório.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Para trabalhos em grupo, ou para bater papo, temos os aquários

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Há aquários de vários tamanhos…

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

… e diversas temáticas

Com foco, 6 é melhor que 8

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

No que temos observado sobre produtividade, no trabalho ou fora dele, percebemos uma curva despencando a partir da sexta hora de atividade contínua. No Jus, orientamos as pessoas a tomarem como base para estimar o tempo das tarefas que executarão uma carga diária de 6 horas, e não 8. Com foco, essas horas são suficientes, e ainda ficamos com tempo livre para cuidar dos nossos hobbies, vida social e estudos.

Trabalhamos à vontade

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Bermuda, tênis, sandálias ou até descalço… trabalhe como se sentir mais confortável

Não temos atendimento físico a cliente, então podemos nos dar o luxo de trabalharmos como achamos mais confortável. Em algumas profissões isso é mais difícil; mas enquanto os colegas advogados continuam a tradição e não juntam-se a nós, vamos levando de bermuda:-)

Somos nossos próprios chefes, e donos do nosso tempo

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Um squad planejando as entregas do próximo ciclo

O time se divide em grupos de trabalho, que chamamos de Squads. Esses squads se reúnem de tempos em tempos (geralmente uma ou duas semanas) para planejar suas execuções e homologar as entregas. Em cada reunião de planejamento, o squad alinha a prioridade das tarefas e cada um diz o que quer pegar, e quanto tempo precisa para entregar. Isso é suficiente. Cada um se articula como for preciso, trabalha no horário que desejar, e de onde desejar.

Não há cobrança por horários ou sequer presença. Todos têm um código de entrada da sala, e podem usá-la, se e quando quiserem (aberta 24/7), inclusive para finalidades alheias ao seu trabalho no Jus. A ordem é: use nosso workspace se lhe for conveniente; mas se entende que rende mais trabalhando de casa ou de qualquer outro lugar, damos todo o apoio. Só precisamos nos fazer disponíveis para reuniões agendadas, presencialmente ou via vídeo conferência.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

A comunicação é assíncrona via chat - cada um responde quando lhe é conveniente. Usamos uma ferramenta muito legal para isso: o Slack (recomendamos). Assim, além de respeitarmos o horário mais conveniente de cada um, preservamos a política de não interrupção. Com exceção do Jus ter saído do ar, nada é tão importante que não possa esperar - respeitarmos a concentração e a liberdade de horário de todos é um princípio básico nosso.

E se precisar se ausentar porque vai viajar para ver a tia, ou fazer um curso de crochet, também não tem problema. Ausências fora das férias coletivas para melhorar visão de mundo, aumentar habilidades, ou nutrir hobbies que amamos não são descontadas, mas sim incentivadas.

Nos divertimos

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Adoramos X-BOX, bilhar, …

Levamos diversão muito a sério. Divertir-se em equipe aumenta os laços de amizade do time, relaxa a tensão, abre portas para a criatividade, e contamina o desenvolvimento com boa votante e otimismo. Tentamos resolver os maiores problemas com soluções descontraídas e queremos estar sempre nesse clima. Então quando não estamos ocupados, estamos nos divertindo com vídeo-games e jogos de mesa.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

… ou disputar o jogo que marcou nossa infância no nosso arcade

Adoramos aquilo que "nunca foi feito antes"

Trabalhamos com criação. O que vamos fazer, na maioria das vezes, não foi feito por ninguém antes. Cada problema é único e nos vemos encurralados, vez ou outra. Quando isso acontece, mudamos de ambiente para renovar a criatividade;-)

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Encontramos redes, poltronas de massagem, e alguns cantinhos descontraídos pela sala

Somos fiéis a nossos valores e objetivos

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Pessoas + Advogados + Informação = Justiça

Tatuamos em nossos pilares os fundamentos da nossa cultura. Desde o objetivo da empresa e onde queremos chegar, até frases de pessoas que admiramos, as vezes até de personagens de ficção, e que sintetizam valores que defendemos.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Um parêntese: as vezes nos perguntam o porquê das frases em inglês. A maior parte do conhecimento acadêmico está escrito em inglês, e em nossa área de tecnologia essa concentração é ainda maior que a média. Sem inglês não teríamos acesso a todo conhecimento disponível e não conseguiríamos interagir com os desenvolvedores espalhados pelo mundo. Então aqui, livros comprados em inglês e apresentados à equipe são reembolsados e você encontra um professor de inglês, estrangeiro, formado em letras, disponível nas nossas dependências todos os dias da semana, para praticar.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Estudamos sempre, e compartilhamos

Aprendizado contínuo é algo que levamos muito a sério também. Ter esse perfil é importante para entrar para o time. O workspace tem as atividades habituais interrompidas toda sexta à tarde para dar espaço ao Jus Talks — pessoas do time e convidados compartilham com o resto da empresa algo que estudaram ou que dominam e acham que pode ser útil aos outros. Pode estar diretamente ligado ao nosso trabalho ou não. Então temos palestras que vão desde uma tecnologia que poderíamos usar até uma tese de física quântica. Tentamos compartilhar tudo que amamos.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Toda sexta à tarde é para compartilharmos nossos conhecimentos

Valorizamos pessoas com múltiplas habilidades

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Todas as sextas tem Happy-hour (S)

Temos muitos engenheiros e advogados, que também são físicos teóricos, teólogos, professores de dança, missionários, músicos, fotógrafos —aproveitando para agradecer a Duane Carvalho, algumas fotos postadas aqui são dela (as mais bonitas, por sinal). A diversidade abrilhanta o grupo e nos faz pensar fora da caixa. Desse caldeirão saem soluções inesperadas, e um convívio muito rico e interessante. As atividades vão desde mesas de RPG (role-playing games) até Jams musicais. Sim, temos tantos músicos no grupo ao ponto de fazer sentido termos um estúdio musical dentro da empresa, e algumas formações de banda, que embalam nossos happy-hours todas as sextas, ao final do Jus Talks, com uma cervejinha gelada, por conta da casa.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

E por falar em celebrações, não perdemos uma boa oportunidade de comemorarmos nossas conquistas também fora do escritório. Realizamos day-offs de vez em quando. Simplesmente tiramos um dia de semana para irmos à praia ou jogarmos um boliche. Não gostamos da idéia de que não se deve misturar trabalho e amizade. Temos confrontado essa máxima desde o começo do Jus, há 10 anos, e isso tem feito toda a diferença. Trabalhar com pessoas competentes não é suficiente — temos que estar entre aqueles que gostam de nós e nos respeitam.

E como isso dá certo?

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Certa feita recebemos uma repórter querendo fazer uma matéria sobre nossa cultura de trabalho. Ela nos perguntou sobre o horário de uso da mesa de bilhar e ouviu desconfiada afirmarmos que tudo, com exceção do estúdio musical, por razões óbvias, tinha horário livre de uso. Ao fim da entrevista, ela nos perguntou “Agora, em off, falem a verdade, vocês só podem estar brincando! Se é livre, por que as pessoas estão em suas mesas trabalhando, e não jogando sinuca?”.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

O Jus é super produtivo, mesmo com tanta liberdade, porque existe uma cultura forte por trás disso tudo, e só fazem parte da equipe pessoas que se encaixam nela — é o que o mundo Start-Up chama de “Culture Fit”. Para um desenvolvedor que ama sua profissão e que pode escolher a tecnologia mais de ponta que há para trabalhar, uma mesa de bilhar não é mais divertida que o seu trabalho a ponto de distraí-lo. Para uma pessoa que se identifica com a missão de conectar as pessoas com a justiça e fazer sua parte para melhorar nossa sociedade, um fliperama não é mais interessante do que afetar a vida de 20 Milhões de pessoas com o apertar de um botão. Para as pessoas que podem ser donas de seu próprio tempo trabalhando só 6 horas por dia, suas responsabilidades estão acima de uma partida de Fifa Soccer.

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

Então, como respondemos à repórter na ocasião: recomendamos cuidado ao implementar tais técnicas. A maioria das empresas que conhecemos, se o fizessem sem grandes cuidados, quebraria em poucos meses. Aqui no Jus funciona porque há uma cultura estabelecida e um time de pessoas apaixonadas pelo que fazem, que amam o propósito da empresa, que abraçam os valores dessa cultura como seus, e que sabem que liberdade e responsabilidade são quase sinônimos. É algo que temos aperfeiçoado ao longo de 10 anos, que não se fez da noite para o dia, que está sempre em evolução, e que não se pode descuidar.

Voltem sempre

o_o Uma espiadinha dentro do Jusbrasil

É isso amigos. Esperamos que tenham gostado da visita e que possamos vê-los sempre em nossas páginas. Eu sou Daniel (meus amigos me chamam de Coxa), um dos fundadores do Jus, e estarei atento aos comentários e às mensagens privadas caso queiram saber mais sobre o assunto. Fiquem bem;-)

204 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

É um prazer, gigante, fazer parte dessa equipe!

Avante e pra cima, jusfamily! ❤️ continuar lendo

Boa @danielmurta, quanta coisa hein? 10 anos passaram rápido!
A cultura está tão enraizada que vivemos tudo com maior naturalidade, sem lembrar do mundo la fora. Além do ambiente construímos também uma família, pessoas que se respeitam e querem estar juntas, sem elas nada disso daria certo. Amo todos todo dia 😘😍❤️ continuar lendo

Tive o privilégio de conhecer o Jusbrasil de perto. É realmente tudo muito lindo e inovador, um ambiente incrível. Parabéns a toda a equipe, vocês são demais! continuar lendo

O privilégio é nosso Alê! O Jus cresce porque pessoas como você fazem parte. Apareça sempre que puder ;-) continuar lendo

Fantástico, tudo a ver com minha forma de pensar.
Parabéns a toda a equipe. Aprendi que o sucesso nada mais é que o final da linha de um trabalho sério, e seriedade passa longe de opressão.
Essa liberdade que se estampa nas fotos e nas explicações está refletida nos resultados que acompanhamos e do qual nos sentimos orgulhosos de participar.
Alguma coisa me trouxe até aqui. Alguma coisa me faz permanecer. Alguma coisa me diz estar certo nas minhas escolhas. continuar lendo

José, adorei o comentário... vou compartilhar com a equipe :-)

Forte abraço! continuar lendo

@joserobertounderavicius, sempre acompanho seus comentários e sempre os recomendo com muito prazer, porque sinto seu carinho não só pelo Jus, mas pelos direitos humanos, liberdade de expressão e outros valores super nobres. Que bom que conseguimos construir (juntos) um espaço pra trocar tanta coisa boa. Que bom consegue sentir nossa energia daí, porque sentimos o mesmo daqui. Abraço! continuar lendo

Realmente Shankar, você disse a palavra mágica: Trocar.
A gente sempre tem alguma coisa a ensinar e muitas coisas a aprender, não é mesmo? continuar lendo